Logon em nossas áreas restritas da BOMAG

BOMAG Extranet

Longon Extranet

Não é membro? Crie uma conta nova!

Registre-se já

BOMAG Telematic

Logon BOMAG TELEMATIC

Não é usuário? Contate seu revendedor e obtenha acesso

Encontrar revendedor

Projetos de sucesso

Pavimentação asfáltica em garagem subterrânea

É aqui que a vibroacabadora BF 200 C-2 da BOMAG está em casa!

O asfalto, como camada de revestimento dominante na construção de estradas, também é frequentemente usado como pavimento em edifícios-garagem e garagens subterrâneas. Nesses casos, as superfícies transitáveis devem resistir a tensões e cargas específicas: por exemplo, a influência da umidade ou da abrasão mecânica. Os sais de de gelo também são especialmente perigosos. Nas áreas de entrada e saída ou nas rampas estreitas e íngremes, a aderência também é particularmente importante.

Uma pavimentação de alta qualidade é essencial

Na nova garagem subterrânea de Rottenburg an der Laaber, a camada de fundação de 10 cm de espessura (AC 32) assegura uma base estável. Ela transfere todas as cargas móveis para a base que, nesse caso específico, é em concreto. Uma camada de acabamento de asfalto de 4 cm de espessura (AC 8) é responsável por garantir as propriedades de superfície necessárias da via de circulação.

As áreas a serem asfaltadas tinham uma área total de 3.200 m2 e precisavam apresentar uma área plana de ± 6 mm. Os trabalhos de pavimentação foram realizados pela Strabit Straßen- und Bitumenbau GmbH & Co. KG, de Wörth an der Isar, que fica há 30 quilômetros de distância. A empresa da Baixa Baviera é especializada na construção de estradas, pavimentação, terraplenagem e construção de canais, assim como construção de instalações industriais exteriores, e tem trabalhado em estreita colaboração com municípios, empreiteiros gerais e escritórios de engenharia.

A pavimentação e a construção de estradas representam uma das áreas de negócios mais importantes da Strabit. Com uma frota de veículos moderna e uma equipe eficiente, funcionários altamente qualificados, desenhistas técnicos experientes, encarregados, maquinistas e operários especializados em construção de estradas, a empresa está encarregada de inúmeros projetos — tanto a nível regional como nacional.

O mínimo possível de costuras frias

O requisito para a pavimentação asfáltica era reduzir o número de costuras frias ao mínimo! Assim, a camada asfáltica final ficaria mais resistente e seria mais duradoura.

E é sabido que qualquer eventual fissura no asfalto pode representar um risco. No inverno, os veículos estacionados transportam água contaminada com sal de de gelo. O sal dissolvido pode causar danos de corrosão significativos na armação do concreto. Geralmente, esses danos não são imediatamente perceptíveis. O reparo dos danos resultantes é moroso e dispendioso. Além disso, existem perdas de receitas devido ao fechamento parcial ou mesmo total da área de estacionamento explorada.

Preferencialmente, a pavimentação deveria ser realizada "quente a quente". Em outras palavras, o produto de mistura tem que ser pavimentado com, pelo menos, duas vibroacabadoras que trabalhem alternadamente. Isso reduz o número de superfícies de contato de esfriamento rápido. Os pavimentos devem formar uma estrutura tão compacta quanto possível. Contudo, em espaços apertados e em um deck de estacionamento com um pé-direito de apenas 2,40 m, podem ser usadas apenas vibroacabadoras leves e compactas. Porém, elas devem ser potentes.

Com um peso inferior a 6 t, altura de máquina de 2 m e uma largura de mesa de apenas 1,1 m, a vibroacabadora compacta da BOMAG cabe em praticamente todo local. Ela esteve em operação durante todos os trabalhos de alargamento do edifício-garagem em Rottenburg, mesmo atrás das filas de colunas e diretamente encostada à parede. Raramente foi necessário recorrer à pavimentação manual, exceto em lugares com muitas quinas.

Com a BF 200 C-2, a frota de veículos da Strabit Straßen- und Bitumenbau GmbH & Co. KG conta agora com a vibroacabadora de asfalto perfeita para espaços restritos em edifícios-garagem. Uma segunda vibroacabadora foi alugada, de modo a conseguir realizar o método de pavimentação "quente a quente".

1 / 1

A vibroacabadora combina as dimensões compactas com um conceito de 2 plataformas e a máxima visibilidade. O painel de comando é ajustável em altura e está equipado com uma tela para o controle das funções de pavimentação. Devido ao baixo pé-direito, o operador da máquina optou pela posição de trabalho mais baixa, durante os trabalhos de pavimentação. Através de um túnel de inspeção na parede do depósito, ele foi capaz de manter essa posição de trabalho e visualizar continuamente a barra de orientação durante as manobras. O sistema SIDEVIEW e o comando da mesa em versão dupla (direita e esquerda) ofereceram ao operador uma vantagem adicional em termos ergonômicos. E esse conforto de trabalho adicional também proporcionou uma melhoria dos resultados de trabalho. A pavimentação nunca foi um problema, mesmo com um pé-direito muito baixo, uma vez que as torres de iluminação da BF 200 C-2 são rebatíveis em 90 graus.

Ao mesmo tempo, a equipe de pavimentação foi beneficiada pelo BOMAG ECOMODE. Com a BF 200 C-2, apenas a energia realmente necessária é utilizada. O gerenciamento inteligente do motor e do sistema hidráulico asseguram uma regulação completamente automática. No geral, isso resulta em velocidades de rotação mais baixas, em um consumo de combustível reduzido e, por fim, em emissões de gases de escape e de ruído mais baixas.

Nem muito quente, nem muito frio

As altas temperaturas são o fator essencial para a pavimentação, mas o aquecimento de mesa trabalhava apenas quando era necessário. Equipada com a avançada tecnologia de mesa MAGMALIFE, a BF 200 C-2 da BOMAG pode alcançar imediatamente os melhores resultados de pavimentação. As barras de aquecimento estão fundidas em um bloco de alumínio. A excelente condutividade térmica do alumínio permite um tempo de aquecimento significativamente menor. Assim, as vibroacabadoras e a equipe foram capazes de atingir mais rapidamente os níveis de operacionalidade necessários.

A BF 200 C-2 permitiu à equipe de pavimentação alcançar os melhores resultados de pavimentação. Sempre com a ajuda da mais recente tecnologia de mesa da BOMAG: uma combinação inteligente entre a vibração das chapas de alisamento e a frequência do compactador de percussão - Tamper.

Um fator decisivo para manter a área plana necessária (nesse caso, de ± 6 mm) foi a disposição uniforme do material em frente à mesa. O sem-fim da BF 200 C-2, dimensionado de forma inteligente, distribuiu perfeitamente o material por toda a largura da mesa. Em Rottenburg, os potentes acionamentos hidráulicos apresentaram sempre reservas suficientes e uma capacidade de dosagem precisa.

E, quando estava disponível mais espaço para trabalhar, o conceito de alargamento modular da mesa oferecia a flexibilidade necessária.

Contudo, a alimentação contínua de mistura de asfalto nas vibroacabadoras representou um desafio. O asfalto teve que ser entregue com um total de três caminhões basculantes totalmente isolados e, em seguida, foi transportado por um carregador de rodas para a garagem subterrânea. Os trabalhos para a pavimentação da camada de fundação demoraram 4 dias. Após mais 6 dias, foi também pavimentada a camada de acabamento.

Vibroacabadora e Alimentadora

Born for the road: Pavers and feeders with BOMAG DNA.

Mostrar mais